Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Universe Blast

Universe Blast

Love your curls...

Passei anos numa relação amor-ódio com os meus caracóis. Alguns dias adorava os meus caracóis cheio de personalidade e outros odiava. Tentava alisar o cabelo, mas qualquer gota de humidade fazia com que as horas perdidas a esticá-lo se tornassem inúteis em segundos. E se há coisa que me irrita é ouvir questões como: "nunca pensaste em esticá-lo?" ou no lado oposto da barricada: "que fixe! É como se tivesses uma permanente natural!" 

Sem esquecer que nos filmes e séries, os cabelos encaracolados aparecem sempre harmoniosamente encaracolados... Não há um fio fora do sitio... Além de que, nem todos os profissionais de cabeleireiro sabem como cortar cabelos encaracolados como deve ser, e por vezes fazem verdadeiros atentados capilares! Já tive experiências dessas...

Embora com uma relação mais ou menos conturbada com os meus caracóis defeituosos, comecei a aceitá-los melhor. Nada que a idade não ajude a perceber e aceitar. Por isso quando encontrei este vídeo, identifiquei-me. Sim, a minha relação acidentada começou na infância, quando embora os meus caracóis fossem elogiados, mas havia ali qualquer coisa que não caia muito bem. 

Neste vídeo, várias meninas entre os 5 e os 11 anos foram entrevistadas e afirmam não gostar dos seus cabelos. Os padrões estéticos dos adultos são dificeis de ultrapassar... E se os adultos tratarem bem dos seus caracóis pode ser que as coisas mudem nas gerações seguintes.

 

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.