Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Universe Blast

Universe Blast

Novos começos ou recomeços

Begin Again” parece-me que passou pelas salas portuguesas um bocado despercebido. Eventualmente, a participação de Adam Levine como um dos actores da trama terá chamado algumas pessoas (público feminino) ao cinema, embora a participação dele seja residual. As estrelas são Mark Ruffalo e Keira Knightley.

Begin Again1.jpg

Há uns dias, numa daquelas tardes de fim-de-semana em que não apetece fazer nada, decidi ver o filme. Não estava com grandes expectativas sobre o enredo e apenas conhecia uma das canções do filme, Lost Stars, que chegou a ser nomeada para os Óscares.

 

 

Bom, para mim o filme tem uma das melhores bandas sonoras de canções pop dos últimos tempos. Letras bem conseguidas, simples, easy listening, amores desfeitos, mas reconstruções e recomeço. Além da mais conhecida “Lost Stars”, adoro “Tell Me If You Wanna Go Home”. Embora Keira Knightley não tenha o vozeirão da Queen B, o tom adapta-se perfeitamente à canção.

 

begin again2.jpg

 

Begin Again é uma história de pessoas, mais ou menos comuns que estão ligadas o mundo da música e que a sua vida é afectada de forma mais ou menos grave por causa disso. O jovem casal romântico formado por Keira Knightley e Adam Levine é separado pela tourné e por alguém que se mete no meio dos dois. Sozinha em Nova Iorque, a personagem de Keira Knightley vai ao encontro de um velho amigo para a ajudar naquele momento de separação, enquanto não regressa a Inglaterra. O amigo canta em bares e é aí que Knightley conhece o personagem de Ruffalo, um editor discográfico alcoólico e caído em desgraça que tem uma epifania ao ouvir uma melodia escrita e interpretada pela jovem autora.

 

begin again4.jpeg

 

Neste contexto, surge uma proposta algo louca mas por isso mesmo irrecusável, gravar um disco com os sons da cidade em conjunto com uma “banda” formada para as gravações. Cada um, uma espécie de “outcast” à sua maneira. O pianista deprimido que toca nas aulas de ballet, os alunos prodígio do conservatório, a filha adolescente que tem uma relação complicada com o pai ausente... 

Begin-Again-Images.jpg

 

Durante as gravações pela cidade, as personagens saram as suas feridas, crescem, tornam-se mais fortes sem perderem a sensibilidade. Recomeçam a viver, novamente, diferente do que foram, mas sem esquecerem o que os levou até ali.

 

beginagain5.jpg

 

 

Parece que “Begin Again” esteve para se chamar originalmente “Can Save Song Your Life?” Não sei se uma canção poderá salvar uma vida, mas pode certamente marcá-la como um novo recomeço.

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Universe Blast 08.02.2016 15:56

    Para mim este filme foi uma (muito) agradável surpresa.
    De certo que vai gostar.
    Um beijinho
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.